MÚSICAS

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Fuga das Ilhas 2017




É uma prova que eu gosto. E recomendo. 


Além de não considerar das mais difíceis, tem todo o lance do transporte de escuna até as ilhas e de ser numa praia linda como a Barra do Sahy!



⚓⚓

Diferentemente de 2014 e 2015, dessa vez fomos eu e o Jaime (grande tenista e nadador catalão) bem cedinho do Guarujá pra Barra do Sahy, ao invés de pousar em alguma pousada por lá. Acordamos, arrumei a chupeta do Gael, Jaime comeu um tomate e pegamos a estrada.

Por um lado foi bom, já que chegamos meio que em cima da hora da minha largada (mais cedo, às 8 da manhã) e não tive que esperar muito tempo nas ilhas. O lado ruim foi quase perder a escuna pra lá... Chegamos na praia, pegamos o chip e saí nadando a milhão pra não perder o barco. Foi entrar nele e já zarpamos! Mó drenalina!!



Acho que nadei bem, apesar do pouco treino que fizemos. 

Mas o importante mesmo foi termos chegado vivos.


VÍDEO













E completamos os 2 Km de natação completamente suados, mas felizes da vida!







Tava a parte esp...ops, catalã da família quase que completa. Cris e Marininha não saíram nas fotos por timidez, creio.





Alê, Jaume, Don Juan, Marisa e Gaelzinho


Também teve a primeira gravação de banho do filhote

VÍDEO
















Ano acabando, metas (físicas) atingidas! É, ainda falta arrumar meu armário.


Só não sei como a prova passou de 1,5 Km pra 2 Km se nem as ilhas nem a praia se mexeram...


E com quase 4 mil nadadores, essa classificação ficou meio esquisita... Não posso ter sido o último cara a chegar (certeza!)




PS: Lembrete pra mim mesmo para a próxima Fuga:


"Não seja preguiçoso e passe protetor solar, mané!"





Nenhum comentário:

Postar um comentário